O longo sequestro de pescadores portugueses em 1980 – Lisboa negoceia de má-fé e engana a Frente Polisário

Autores

  • Jorge Ribeiro

Resumo

Em pleno Oceano Atlântico a Frente Polisário desencadeou um assalto a um barco de pesca português, capturando toda a sua tripulação. Os pescadores
foram trazidos para terra e colocados numa base militar no deserto. Os guerrilheiros chamavam assim a atenção do mundo para a República Árabe
Sarauí Democrática – RASD, recém-criada. Ao mesmo tempo, pressionavam o país de origem dos sequestrados, Portugal, a declarar apoio à independência
do povo sarauí, reconhecendo a Frente e condenando a ocupação militar do país por Marrocos.


Palavras-chave: Polisário, RASD, guerrilha (sarauí), ocupação (por Marrocos).

Downloads

Publicado

2020-05-14

Edição

Secção

Artigos