Nas origens de uma respublica marítima e mercantil : O acolhimento ao estrangeiro nos portos medievais e modernos

Autores

  • Amândio Barros

Resumo

Na constituição das identidades marítimas o acolhimento ao estrangeiro nos portos medievais e modernos constituiu um elemento central; numa perspectiva comparada, este estudo procura mostrar a forma como os portos portugueses foram locais de experiências de contacto que enriqueceram os seus quotidianos e influenciaram comportamentos. Debatem-se questões de relacionamento entre o «Outro» e o «Eu» portuários e revêem-se conceitos muitas vezes utilizados de forma anacrónica, como o de «nação» ou «xenofobia».

Downloads

Publicado

2018-09-26

Edição

Secção

Dossier Temático