Participação social e política estudantil no Porto (1969-1974). Um olhar a partir da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Autores

  • Maria João Antunes
  • Maria Teresa Medina FPCEUP, CIIE
  • João Caramelo FPCEUP, CIIE

Resumo

O movimento estudantil foi um elemento central na resistência à mais longa ditadura da Europa no século XX, e teve expressão em todas as academias, incluindo a do Porto. O presente trabalho procura reconstruir a ação, ainda que parcialmente, dos estudantes da Faculdade de Medicina do Porto, no período entre 1969 e 1974. Para tal recorre-se à análise de documentos escritos, produzidos pelas estruturas estudantis de Medicina. Verifica-se uma grande intensidade na atividade do movimento estudantil no período em estudo, com o desenvolvimento de grandes lutas por questões pedagógicas, relacionadas com o ensino e articuladas com a luta mais geral contra a repressão e a ditadura.

Downloads

Publicado

2021-07-12