A materia que me da gosto: do testemunho físico do passado em Fr. Francisco de S. Luís Saraiva

Autores

  • Miguel Ayres de Campos Tovar Courtauld Institute of Art

Resumo

Um duradouro interesse do beneditino Fr. Francisco de S. Luís, depois Cardeal Saraiva (1766-1845) foi o registo e estudo de vestígios arqueológicos, mormente de espécies epigráficas. Privilegiando a evidência dum caderno de apontamentos histórico-arqueológicos por si coligido e dalguma correspondência em posse particular, o presente artigo propõe-se interrogar a dedicação de Saraiva a este tipo de património, fenómeno escassamente abordado do seu percurso, e o seu aporte à relação do historiador com o passado. É nosso fito, simultaneamente, assinalar a disponibilização digital do material inédito em apreço pelo Arquivo Municipal de Ponte de Lima, e estimular o seu estudo aprofundado.

Downloads

Publicado

2022-07-07

Como Citar

Ayres de Campos Tovar, M. (2022). A materia que me da gosto: do testemunho físico do passado em Fr. Francisco de S. Luís Saraiva. História: Revista Da Faculdade De Letras Da Universidade Do Porto, 12(1). Obtido de https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11458