OS PRIMÓRDIOS DO SOCIALISMO EM PORTUGAL E A DEFESA DA LEGISLAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO. O SOCIALISMO PORTUGUÊS NOS CONGRESSOS OPERÁRIOS INTERNACIONAIS (1871-1896)

Autores

  • Beatriz Peralta García Universidad de Oviedo, España Departamento de Filología Clásica y Románica

Resumo

Resumo. A fraqueza económica das primeiras agremiações do socialismo português não lhes permitiu acompanhar, presencialmente, o desenvolvimento do socialismo internacional a través da assistência aos congressos que eram periódicamente organizados pela Associação Internacional dos Trabalhadores desde 1872. Porém, este facto também não lhes impediu assumir as resoluções aí tomadas, que foram disciplinadamente incorporadas à sua estratégia de consolidação associativa e consolidação doutrinária. daí, por exemplo, a fundação do Partido Socialista Português, segundo ficou decretado na Haia. Este artigo visa analisar a participação dos socialistas portugueses desde esta inicial toma de contacto com os internacionalistas europeus até aos fins do século XIX, já reorganizada a IIª Internacional. Igualmente tentamos avançar na história do socialismo português dos finais desta centúria salientando as implicações dentro das suas estruturas partidárias.

Biografia Autor

Beatriz Peralta García, Universidad de Oviedo, España Departamento de Filología Clásica y Románica

Professora Titular de Filologia Portuguesa

 

Downloads

Publicado

2021-01-14

Como Citar

Peralta García, B. (2021). OS PRIMÓRDIOS DO SOCIALISMO EM PORTUGAL E A DEFESA DA LEGISLAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO. O SOCIALISMO PORTUGUÊS NOS CONGRESSOS OPERÁRIOS INTERNACIONAIS (1871-1896). História: Revista Da Faculdade De Letras Da Universidade Do Porto, 10(2). Obtido de https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/8396

Edição

Secção

Outros estudos