Sobre a Revista

ÂMBITO

A REDIS, Revista de Estudos do Discurso, é um projeto editorial do Centro de Linguística da Universidade do Porto (CLUP) e da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em parceria com a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo.

Trata-se de uma publicação que reúne trabalhos no domínio dos Estudos Linguísticos do Discurso, facto que justifica a sua designação, pretendendo albergar estudos das diferentes linhas de investigação coexistentes nesta área, reveladoras da heterogeneidade epistemológica do objeto discurso e da interdisciplinaridade teórico-metodológica que os investigadores tendem a adotar neste domínio científico.

A revista é uma publicação anual sujeita a peer review e com algumas orientações temáticas por número, inspiradas nos tópicos abordados nas Jornadas Anuais de Análise do Discurso – JADIS - realizadas na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, pelas mesmas entidades promotoras da Revista.

 

PROCESSO DE REVISÃO POR PARES

Os trabalhos submetidos à Redis serão avaliados por, no mínimo, dois avaliadores externos, selecionados segundo um critério de afinidade científica relativamente ao trabalho em apreciação.

Os avaliadores deverão comunicar aos editores quaisquer conflitos de interesse, que possam impedir uma avaliação isenta, ou declarar-se não qualificados para avaliar uma determinada proposta, se considerarem que tal procedimento é necessário.

Os avaliadores terão acesso a um guião de avaliação que os orientará na revisão dos artigos propostos. Será dado um prazo de vinte dias corridos para a apresentação do parecer a partir da data de entrega do artigo ao avaliador. Este período poderá ser prororrogado por critério do diretor editorial, desde que a prorrogação não ponha em causa a publicação da revista dentro dos prazos previstos.

 

POLÍTICA DE ACESSO LIVRE

Esta revista não cobra quaisquer custos de submissão de artigos.

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

ARQUIVAMENTO

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

CÓDIGO DE ÉTICA

A REDIS, Revista de Estudos do Discurso está empenhada em assegurar a qualidade dos textos que publica e a ética na sua publicação. Para tal os autores e os avaliadores são instruídos no cumprimento dos seguintes requisitos:

Autores: devem garantir que os textos que submetem são originais, devendo, igualmente, assegurar que o texto apresentado não constitui o resultado de uma prática de plágio ou de uma apropriação de criações intelectuais de outros autores, sem o seu consentimento legal. Na autoria deverão ser incluídas todas as pessoas que deram o seu contributo tanto na conceção e planificação do trabalho, como na interpretação dos resultados e na elaboração do texto. No caso dos artigos escritos em coautoria, o autor de correspondência deverá garantir um consenso pleno na aprovação da versão final do texto e na sua submissão para publicação.

Avaliadores: devem assumir o compromisso de empreender uma avaliação crítica e imparcial dos artigos. Nos casos em que o avaliador considere que o texto deve ser modificado, todas as alterações a implementar deverão ser devidamente apresentadas e justificadas. Sempre que o avaliador detete a existência de um texto que já tenha sido publicado, na íntegra ou em parte, ou que tenha sido submetido, em simultâneo, a outra publicação, deverá comunicá-lo à Direção da REDIS, Revista de Estudos do Discurso.

A REDIS, Revista de Estudos do Discurso compromete-se a garantir a confidencialidade no tratamento dos textos e a seleção de avaliadores que empreendam uma análise crítica e especializada dos textos submetidos para publicação. A REDIS assegura ainda que o processo de avaliação decorre em regime de duplo anonimato e que os nomes e endereços apresentados na revista são utilizados exclusivamente para os serviços por esta prestados, não sendo usados para outras finalidades ou fornecidos a terceiros.